Charge em prova do Enem desperta comentários nas redes sociais

26 de outubro de 2013

Educação



Charge em prova do Enem desperta comentários nas redes sociais
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-26/charge-em-prova-do-enem-desperta-comentarios-nas-redes-sociais
Oct 26th 2013, 21:45


Mariana Tokarnia

Repórter da Agência Brasil
Brasília – Uma questão na prova de ciências humanas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) despertou vários comentários nas redes sociais. A questão trata de uma charge que ironiza a política desenvolvimentista do governo de Juscelino Kubistchek.
Na charge, o ex-presidente aparece conversando com um personagem chamado Jeca. No texto do quadrinho, a palavra gasolina aparece grafada com a letra z no lugar do s. O diálogo é o seguinte: "JK - Você agora tem automóvel brasileiro, para correr em estradas pavimentadas com asfalto brasileiro, com gazolina brasileira. Que mais quer?. JECA - Um prato de feijão brasileiro, seu doutô". O texto é de autoria do chargista Théo e foi retirado do livro Uma História do Brasil através da Caricatura (1840-2001).
No Twitter, os usuários fizeram piada da grafia da palavra. Um deles diz: "Aprendi no ENEM que escrevi 'gazolina' errado a minha vida toda!". Outro comentou: "#AprendiNoEnem que se baixarem minha nota na redação porque eu coloquei gazolina com 'z' eu armo um barraco!".
Também em publicação no microblog, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) diz que a questão do Enem não está errada. Segundo a autarquia, responsável pelo exame, "gasolina grafada com a letra 'z' respeita integralmente os direitos autorais da charge publicada", e ainda, "na mesma charge, a palavra doutor é grafada da seguinte forma: 'doutô', também respeitando integralmente os direitos autorais".
Hoje (26), os candidatos fizeram questões de ciências humanas (história, geografia, filosofia e sociologia) e de ciências da natureza (química, física e biologia). A questão que provocou os comentários está na prova de ciências humanas e suas tecnologias.
Os gabaritos dos dois dias de provas serão divulgados até o dia 30 de outubro, no endereço www.enem.inep.gov.br. O serviço de atendimento ao cidadão funcionará no final de semana das 8h às 20h, pelo telefone 0800-616161.


Edição: Carolina Pimentel
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/95K/xZcYkX

Candidatos contam como foi primeiro dia do Enem

Educação



Candidatos contam como foi primeiro dia do Enem
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-26/candidatos-contam-como-foi-primeiro-dia-do-enem
Oct 26th 2013, 18:38



Karine Melo, Fernanda Cruz e Akemi Nitahara

Repórteres da Agência Brasil
Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro – Ao final do primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), alunos ouvidos pela Agência Brasil em Brasília, São Paulo e no Rio de Janeiro se dividiram nas opiniões sobre a prova.
A fiscal de caixa de supermercado, Edilânia dos Santos Souza, de 37 anos, saiu da prova arrependida por não ter estudado suficientemente para o exame. "Achei que o conteúdo da prova estava dentro do esperado. Queria entrar na universidade pelo Enem porque hoje em dia só quem tem um bom emprego consegue sustentar uma faculdade particular", disse.
Formado em administração de empresas, Elivaldo de Araújo, cursa direito em uma universidade particular em Brasília, mas tenta uma vaga para o mesmo curso em uma instituição pública porque acredita que a mudança dará mais peso ao currículo dele. Aos 39 anos, ele acredita que os candidatos mais jovens "que estão com as matérias mais frescas na cabeça têm mais chances". Mesmo assim ele achou o nível de dificuldade da prova médio.
Ainda em Brasília, os alunos entrevistados pela Agência Brasil disseram que a organização da prova este ano foi excelente. "As salas estavam numeradas, tinha gente indicando o caminho, as provas lacradas, tudo começou na hora certa, foi bem tranquilo", avaliou Fernanda Domingos Moreira , de 17 anos, candidata ao curso de música.
Muitos alunos avaliaram que a grande vilã do dia foi a prova de física. "A prova de física estava muito difícil, caíram muitas fórmulas, foi uma prova cansativa", disse Everton Bruno Ferreira, de 17 anos. O estudante brasiliense, que ainda cursa o segundo ano do ensino médio, diz que vai precisar estudar muito para o ano que vem, quando poderá aproveitar o resultado no exame para ingressar em uma universidade pública.
Em São Paulo, alguns candidatos que deixaram as salas de prova na Universidade Paulista (Unip), campus da Avenida Vergueiro, área central da capital paulista, mostraram desapontamento. Marcelo de Castro Filho, de 19 anos, disse que achou o teste mais difícil do que as provas que já tinha feito. "Já fiz as provas de concurso público da Sabesp [Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo], e achei a do Enem mais difícil". Na universidade, deseja cursar engenharia mecatrônica.
Mairine de Almeida Aguiar, de 18 anos, prestou o Enem no ano passado e considerou o exame deste ano mais difícil. "Não caiu tantos gráficos como antes, [formato] que eu achava mais fácil. Caiu muito mais história", disse a estudante, que pretende ingressar na faculdade de direito.
Mariana Coelho, de 19 anos, ponderou que havia algumas questões complicadas. "Nada que eu não soubesse resolver, mas no ano passado estava mais fácil", definiu. A estudante, que pretende cursar medicina, contou que estudou bastante e se diz muito esforçada. Ela disse que prestou o Enem no ano passado e teve boas notas na parte objetiva da prova, mas não passou por causa da nota da redação. "Dessa vez, minha mãe me obrigou a fazer redação todos os dias", contou.
"Estou com medo é da redação de amanhã. Se cai um tema que o candidato tem intimidade, é ótimo, mas se isso não acontecer", avaliou Fernanda Santi, de 17 anos, que pretende cursar música.
No Rio de Janeiro, os alunos ouvidos pela reportagem acharam a prova cansativa. Fábia Fabiana, 20 anos, terminou o ensino médio no ano passado e está fazendo o Enem pela primeira vez. Ela pretende estudar administração, mas achou a prova muito difícil. "O que a gente estudou não tinha muito a ver com o que caiu na prova, tinham muitas fórmulas que complicavam a mente. Vamos ver, amanhã, a redação é mais difícil ainda, e português também".
Eduardo Augusto, de 47 anos, também está fazendo o Enem pela primeira vez. Ele terminou o então segundo grau em 1985 e não teve condições de fazer faculdade na época. "Eu tentei o vestibular na época, mas não passei, era muito concorrido. Talvez se tivesse o Enem, esses meios que têm agora, talvez eu tivesse conseguido". Augusto explica que fez o pré-vestibular social no ano passado, no Complexo do Alemão, mas que não estudou muitos conteúdos cobrados na prova.
"O que eu estudei no ano passado, nada a ver com o que caiu. Algumas questões eu consegui fazer porque trabalho na área de saúde, outras eram de raciocínio lógico e eu consegui, mas outras eu chutei, principalmente no final, estava cansado", contou o candidato, que deseja estuda computação.
Aos 29 anos, Guilherme Marins da Cunha, quer cursar jornalismo, e tenta o ingresso em faculdades por meio do Enem. "Eu nunca tinha feito a prova do Enem, ser grande [a prova] assim é bem desgastante, impressiona isso. Mas eu achei a prova boa, aborda alguns temas legais, tem muita questão política, fiquei impressionado com isso, temas de atualidades e história também".
Já Jéssica Machado, de 16 anos, está fazendo o Enem para se preparar para o ano que vem. Ela está no segundo ano do ensino médio e pretende fazer um curso ligado à arte ou comunicação. "Fiz o Enem só para saber como vai ser no ano que vem, para ter uma noção de como vão ser as questões. Eu achei fácil algumas, outras eu já sabia a matéria, não tinha nada que eu nunca tenha visto na vida", relatou e advertindo que terá estudar mais física e química.
As provas de ciências humanas e ciências da natureza terminaram às 17h30 (horário de Brasília). Neste domingo (27), além da redação, os candidatos fazem prova de linguagens, códigos e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias.


Edição: Carolina Pimentel
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/95K/xZcYkX

Provas do Enem exigiram domínio de conteúdo, diz professor

Educação



Provas do Enem exigiram domínio de conteúdo, diz professor
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-26/provas-do-enem-exigiram-dominio-de-conteudo-diz-professor
Oct 26th 2013, 19:10


Mariana Tokarnia

Repórter da Agência Brasil
Brasília - A primeira etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teve questões que exigiram o domínio do conteúdo, segundo a análise do especialista em Enem e presidente de honra do Cursinho Henfil de São Paulo, Mateus Prado. Ele disse que neste ano, havia menos questões que dependiam apenas da interpretação, mas que o conteúdo cobrado foi o básico. "Foi uma prova tranquila", diz.
No primeiro dia do Enem, os candidatos responderam a 90 questões de ciências humanas - história, geografia, filosofia e sociologia - e de ciências da natureza - química, física e biologia. Para aqueles que fizeram o exame, a parte de física foi a mais difícil. "É difícil em relação ao preparo do aluno médio, mas não foram cobrados conteúdos muito aprofundados", diz Prado.
O professor resolveu o caderno rosa de questões. Entre as questões, destaca a que trata dos Indignados espanhóis, que, em 2011, manifestaram o descontentamento político dos jovens frente à crise econômica que atingiu o Continente Europeu. A questão, segundo Prado, faz uma alusão às manifestações de junho e julho, no Brasil.
Outra questão fala sobre a distribuição de terras e remete à grandes construções como a Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Pará. A construção da usina é ponto de polêmica. Indígenas e populações ribeirinhas que vivem no local mostraram-se contrárias à obra. "Foi uma situação que colocou o governo contra a parede. Mesmo que não emita um posicionamento, geralmente o Enem não tem questões desse tipo".
Prado destaca também a questão que trata da ampliação de direitos civis de homossexuais nos Estados Unidos. De acordo com ele, o exame já tinha, em edições anteriores, tratado da tolerância com a orientação sexual. Outros assuntos tratados na prova foram Palestina, protestos na Europa, disputa de terras indígenas e África.
Neste sábado, mais de 7 milhões de pessoas se inscreveram para o exame em 1.161 cidades. A prova começou a ser aplicada às 13h, horário de Brasília. Os candidatos tiveram quatro horas e trinta minutos para fazer o exame. Foram 90 questões de ciências humanas e de ciências da natureza. Amanhã (27), a prova começa no mesmo horário, às 13h, no horário de Brasília. A duração será maior, cinco horas e meia, e o candidato terá que fazer uma redação. No segundo dia de prova, as questões serão sobre linguagens, códigos e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias.
Os gabaritos das provas serão divulgados até o dia 30 de outubro, no endereço www.enem.inep.gov.br. O serviço de atendimento ao cidadão funcionará no final de semana das 8h às 20h, pelo telefone 0800-616161.
Edição: Marcos Chagas
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil





You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/95K/xZcYkX

No primeiro dia do Enem, 24 candidatos são eliminados por postarem fotos nas redes sociais

Educação



No primeiro dia do Enem, 24 candidatos são eliminados por postarem fotos nas redes sociais
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-26/no-primeiro-dia-do-enem-24-candidatos-sao-eliminados-por-postarem-fotos-nas-redes-sociais
Oct 26th 2013, 19:40



Mariana Tokarnia

Repórter da Agência Brasil
Brasília – No primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), 24 candidatos foram eliminados, até as 17 horas, por postarem fotos do exame em redes sociais. Os candidatos postaram, de dentro das salas de provas, fotos do cartão de resposta.
O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, não informou os estados dos estudantes desclassificados. Ele informou que a maioria pagou a taxa de inscrição. Os alunos da rede pública de ensino eram isentos do pagamento da taxa.
Outros candidatos podem ser eliminados por terem deixado a sala de provas com menos de duas horas após o início da prova, que começou às 13h (horário de Brasília), o que não é permitido. O Ministério da Educação ainda está apurando o número de estudantes que podem ser desclassificados por esse motivo.
Na noite de hoje, 96 mil candidatos sabatistas iniciam a prova em todo o país. No entanto, em 13 estados e no Distrito Federal, eles começaram às 20 horas (horário de Brasília). Isso porque nesses locais anoitece mais tarde por causa do horário de verão. A mudança no horário foi decidida ontem (25) após uma decisão do Tribunal de Justiça da 1ª Região. Nos demais estados, os sabatistas iniciaram a prova às 19h (horário de Brasília). Os sabatistas guardam o sábado por convicção religiosa, o que significa que só trabalham ou estudam após o pôr do sol.
No balanço do primeiro do exame, Mercadante informou que uma candidata, de 20 anos, entrou em trabalho de parto em Teresina (PI). Ela foi atendida no local por médicos e levada para o hospital. De acordo com o ministro, a jovem será mãe de uma menina. A estudante poderá fazer a prova em data posterior, ainda não definida, segundo Mercadante.
No total, o Enem tem 713 candidatas em todo o país que podem dar à luz durante o período das provas. O ministério entrou em contato com as secretarias municipais e fez um mapeamento dos hospitais próximos aos locais onde essas candidatas farão o exame. Além disso, há profissionais de saúde disponíveis nesses locais de prova.
No Sul do país, Mercadante disse que a aplicação da prova foi prejudicada por causa das fortes chuvas que afetam a região. Segundo ele, em algumas escolas, faltou luz.
De acordo com levantamento do Inep, 22 mil candidatos conferiram o local de prova na internet uma hora antes do início do exame. Para o ministro, a consulta em cima da hora é preocupante. Ele apelou para que os candidatos cheguem amanhã (27) aos locais de prova com antecedência e munidos do documento de identidade com foto e caneta preta, em material transparente, para preencher o cartão de respostas e fazer a redação.
Na avaliação do ministro, o primeiro dia de prova "teve excelente resultado". Para ele, "é um grande desafio fazer um Enem para 7,1 milhões de candidatos".
Neste domingo (27), além da redação, os candidatos fazem prova de linguagens, códigos e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias.


Edição: Carolina Pimentel
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/95K/xZcYkX

Entrevista do Ministro Aloizio Mercadante e do presidente do INEP, Luiz Claudio da Costa sobre o primeiro dia de ENEN

Educação



Entrevista do Ministro Aloizio Mercadante e do presidente do INEP, Luiz Claudio da Costa sobre o primeiro dia de ENEN
http://agenciabrasil.ebc.com.br/galeria/2013-10-26/entrevista-do-ministro-aloizio-mercadante-e-do-presidente-do-inep-luiz-claudio-da-costa-sobre-primeir
Oct 26th 2013, 19:00

Brasília - Entrevista do Ministro da Educação, Aloizio Mercadante e do presidente do INEP, Luiz Claudio da Costa sobre o primeiro dia de ENEM.Brasília - Entrevista do Ministro da Educação, Aloizio Mercadante e do presidente do INEP, Luiz Claudio da Costa sobre o primeiro dia de ENEM.Brasília - Entrevista do Ministro da Educação, Aloizio Mercadante e do presidente do INEP, Luiz Claudio da Costa sobre o primeiro dia de ENEM.Brasília - Entrevista do Ministro da Educação, Aloizio Mercadante e do presidente do INEP, Luiz Claudio da Costa sobre o primeiro dia de ENEM.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/95K/xZcYkX

Enem: 21 candidatos são eliminados por postar fotos nas redes sociais

Educação



Enem: 21 candidatos são eliminados por postar fotos nas redes sociais
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-26/enem-21-candidatos-sao-eliminados-por-postar-fotos-nas-redes-sociais
Oct 26th 2013, 15:58


Mariana Tokarnia

Repórter da Agência Brasil
Brasília - O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou que, até as 15h, 21 candidatos foram eliminados por postar imagem do cartão resposta do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em redes sociais. Algumas fotos foram postadas minutos antes do início da prova.
Pelas regras do Enem, não é permitido o uso de eletrônicos no local de prova e nem postar fotos do exame. Os portões abriram às 12h e o exame começou a ser aplicado às 13h, pelo horário de Brasília. Ao chegar na sala de aula, o candidato é orientado a colocar aparelhos eletrônicos, como celular e tablet, em um envelope lacrado, que deverá ficar embaixo da carteira durante toda a prova. O celular deve estar desligado.
Em uma busca rápida pela palavra Enem nas redes sociais, é possível ver uma série de publicações de fotos e diálogos entre pessoas que supostamente estão fazendo prova. O Inep diz que cada caso será analisado. Um usuário aproveita o celular para tirar uma dúvida: "Gente, rapidinho aqui, alguém lembra a fórmula pra calcular a força de polias duplas?? #ENEM". Outra usuária fez a postagem com o objetivo de ser eliminada: "Gente, tô aqui no Enem e não sei nada me elimina alguém por favor #meelimina #enem #naoseinada"
Ontem (25), o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, reforçou o alerta sobre uso de aparelhos eletrônicos na prova, o que é proibido. "No ano passado, identificamos usuários em questão de minutos". Em 2012, 65 candidatos foram eliminados por postarem imagens de fotos da prova e mensagens com conteúdo do exame.
A intenção, explica o ministro, é garantir que os candidatos façam a prova em condições iguais, que não haja vazamento de questões ou de respostas.
Além do celular, não é permitido uso de lápis, caneta de material não transparente, lapiseira, borracha, livros, manuais, impressos, anotações e dispositivos eletrônicos.
Neste sábado, mais de 7,1 milhões farão o exame em 1.161 cidades. A prova começou a ser aplicada às 13h, horário de Brasília. Os candidatos terão quatro horas e trinta minutos para fazer o exame. Serão 90 questões de ciências humanas (história, geografia, filosofia e sociologia) e de ciências da natureza (química, física e biologia).
Os gabaritos das provas serão divulgados até o dia 30 de outubro, no endereço www.enem.inep.gov.br. O serviço de atendimento ao cidadão funcionará no final de semana das 8h às 20h, pelo telefone 0800-616161.


Edição: Carolina Pimentel
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/95K/xZcYkX

Filhos recebem apoio dos pais minutos antes de começarem prova do Enem

Educação



Filhos recebem apoio dos pais minutos antes de começarem prova do Enem
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-26/filhos-recebem-apoio-dos-pais-minutos-antes-de-comecarem-prova-do-enem
Oct 26th 2013, 15:09


Karine Melo

Repórter da Agência Brasil
Brasília – Orações, dicas, conselhos, técnicas de relaxamento e muita conversa foram as armas de dezenas de pais que fizeram questão de acompanhar os filhos até o Colégio La Salle, um dos locais de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em Brasília (DF). O farmacêutico bioquímico, Luiz Sasso, ficou com o filho Matheus, de 17 anos, até o adolescente entrar para a sala da prova. "A concorrência é muito maior hoje, na minha época não era assim. Hoje a cobrança da sociedade e dos próprios alunos é bem maior", disse à Agência Brasil.
Para Matheus, que ainda está cursando o segundo ano e pela segunda vez faz a prova só para ganhar experiência, o apoio do pai e a conversa com ele antes da prova ajudam a manter a tranquilidade. "Mesmo sabendo que para mim a prova não vale nada, fico um pouco nervoso", reconheceu o estudante. A expectativa do adolescente é que em 2014, a experiência na prova traga mais tranquilidade.
Na avaliação da professora Amábile Pacios, presidenta da Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep), quase sempre a presença dos pais nos locais de prova com os filhos é positiva. "Os pais que acompanham seus filhos dão muito mais segurança para eles. È claro que pais e mães devem ficar atentos para não perturbarem seus filhos mas, pela minha experiência, eu custo a admitir que a presença dos pais possa ser ruim numa hora como essa. E só não colocar pressão e dar força que tudo corre bem para pais e filhos", acredita.
Mesmo depois de 20 minutos que a filha Natasha, de 15 anos, entrou para fazer a prova, a secretária Regina de Almeida ainda estava parada na porta do colégio. "Não consegui dormir nada, parece que a gente entra junto para fazer a prova. Fico tão nervosa que minha filha veio me pedindo: mãe, relaxa!".
As amigas Natália Salomão, de 17 anos, e Milena Panhol, de 18 anos, chegaram cedo ao local da prova. "Estou preparada!", garantiu Milena que quer cursar arquitetura. Um pouco mais nervosa, Nathália disse que, em Brasília, o Enem ainda é uma experiência nova para muitos estudantes. "Essa é a primeira vez que a Universidade de Brasília (UnB) adere ao exame. Por isso, aqui as pessoas não davam tanta importância à prova. Agora é diferente", avaliou a candidata ao curso de medicina.
"É bom que minha mãe esteja aqui comigo antes da prova. Ficamos aqui conversando sobre várias coisas, menos da prova", acrescentou Nathália.
Mais de 7,1 milhões estão inscritos para o exame em 1.161 cidades. Hoje (26), os candidatos terão quatro horas e trinta minutos para fazer o exame. Serão 90 questões de ciências humanas - história, geografia, filosofia e sociologia - e de ciências da natureza - química, física e biologia. Os gabaritos das provas serão divulgados até o dia 30 de outubro, no endereço www.enem.inep.gov.br. O serviço de atendimento ao cidadão funcionará no final de semana das 8h às 20h, pelo telefone 0800-616161.
Edição: Marcos Chagas
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil





You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/95K/xZcYkX

Atrasados lamentam perda da prova do Enem

Educação



Atrasados lamentam perda da prova do Enem
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-26/atrasados-lamentam-perda-da-prova-do-enem
Oct 26th 2013, 14:32


Mariana Tokarnia e Akemi Nitahara

Repórteres da Agência Brasil
Brasília e Rio de Janeiro - O portão do Colégio Marista João Paulo II, em Brasília, tinha acabado de fechar quando Douglas dos Santos chegou no local. Ele faria hoje (26) a primeira fase do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). "Sai do trabalho e vim correndo", justifica. "O jeito agora vai ser deixar para o ano que vem", disse ainda ofegante.
Santos, de 19 anos, acrescentou que avisou no trabalho que tinha a prova mas não foi liberado até às 12h. O portão fechou pontualmente às 13h, horário de Brasília. Ele foi de carro e ficou preso no trânsito. Perguntado se tinha estudado, repondeu: "Tinha, e muito". Ele usaria o Enem para participar do Programa Universidade para Todos (Prouni) e conseguir um desconto maior na faculdade particular onde estuda.
No Rio de Janeiro, até o último minuto, com os portões fechando, ainda tinha candidatos entrando na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Dominique Mantuano chegou atrasada e ficou descontrolada. Moradora do Méier, ela ficou estudando até 7h e colocou o despertador para 11h, mas só conseguiu levantar às 12h.
Jéssica Salgado, de 22 anos, também não conseguiu entrar mas estava conformada. "Vou tentar de novo ano que vem, a gente está sempre tentado, brasileiro não desiste nunca. Fui para o ponto de ônibus uma hora antes, eu moro aqui perto, mas o trânsito estava enrolado, a gente tenta, né?"
Nas redes sociais, candidatos também lamentam que chegaram atrasados: "Como eu vou explicar para minha mãe que perdi o Enem? Vou levar uma surra, apenas", diz um usuário do microblog Twitter. Outra usuária, diz que perdeu a prova por causa de um assalto: "Perdi o Enem, fui assaltada na porta de casa e eles levaram minhas duas canetas e minha carteira de identidade. Peço que me ajudem".
Neste sábado, mais de 7,1 milhões farão o exame em 1.161 cidades. A prova começou a ser aplicada às 13h, horário de Brasília. Os candidatos terão quatro horas e trinta minutos para fazer o exame. Serão 90 questões de ciências humanas - história, geografia, filosofia e sociologia - e de ciências da natureza - química, física e biologia. Os gabaritos das provas serão divulgados até o dia 30 de outubro, no endereço www.enem.inep.gov.br. O serviço de atendimento ao cidadão funcionará no final de semana das 8h às 20h, pelo telefone 0800-616161.
Edição: Marcos Chagas
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil





You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/95K/xZcYkX

Inep investiga fotos do Enem postadas nas redes sociais

Educação



Inep investiga fotos do Enem postadas nas redes sociais
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-26/inep-investiga-fotos-do-enem-postadas-nas-redes-sociais
Oct 26th 2013, 14:25



Mariana Tokarnia

Repórter da Agência Brasil
Brasília - O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou que está investigando para identificar os candidatos que postaram fotos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em redes sociais, minutos antes do início da prova. As fotos postadas mostram, por exemplo, a folha de resposta. De acordo com o Inep, alguns candidatos já foram eliminados.
Pelas regras do Enem, não é permitido o uso de eletrônicos no local de prova e nem postar fotos do exame. Os portões abriram às 12h e o exame começou a ser aplicado às 13h, pelo horário de Brasília. Ao chegar na sala de aula, o candidato é orientado a colocar aparelhos eletrônicos, como celular e tablet, em um envelope lacrado, que deverá ficar embaixo da carteira durante toda a prova. O celular deve ser desligado.
O Inep lamentou o ocorrido e disse que ainda não tem um levantamento do número de candidatos e onde eles faziam a prova. A autarquia esclarece que será analisado caso a caso.
Um dos usuários da rede social Instagram postou a foto do cartão de resposta com a legenda: "#partiu #enem". Abaixo, outro usuário comentou: "Eliminado #enem". Outro usuário publicou uma foto semelhante com a legenda: "#enem" e recebeu o comentário: "Esquenta não, ano que vem tem de novo".
Ontem (25), o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, reforçou o alerta sobre uso de aparelhos eletrônicos na prova, o que é proibido. "No ano passado, identificamos usuários em questão de minutos". Em 2012, 65 candidatos foram eliminados por postarem imagens de fotos da prova e mensagens com conteúdo do exame.
A intenção, explica o ministro, é garantir que os candidatos façam a prova em condições iguais, que não haja vazamento de questões ou de respostas.
Além do celular, não é permitido uso de lápis, caneta de material não transparente, lapiseira, borracha, livros, manuais, impressos, anotações e dispositivos eletrônicos.
Neste sábado, mais de 7,1 milhões farão o exame em 1.161 cidades. A prova começou a ser aplicada às 13h, horário de Brasília. Os candidatos terão quatro horas e trinta minutos para fazer o exame. Serão 90 questões de ciências humanas (história, geografia, filosofia e sociologia) e de ciências da natureza (química, física e biologia).
Os gabaritos das provas serão divulgados até o dia 30 de outubro, no endereço www.enem.inep.gov.br. O serviço de atendimento ao cidadão funcionará no final de semana das 8h às 20h, pelo telefone 0800-616161.


Edição: Carolina Pimentel
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/95K/xZcYkX

Portões são fechados e começa prova do Enem

Educação



Portões são fechados e começa prova do Enem
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-26/portoes-sao-fechados-e-comeca-prova-do-enem
Oct 26th 2013, 13:30


Da Agência Brasil
Brasília - Os portões dos locais de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já estão fechados. Mais de 7,1 milhões de pessoas se inscreveram para o exame este ano. Neste sábado, a prova terá duração de quatro horas e meia e os candidatos vão responder a questões de ciências humanas (história, geografia, filosofia e sociologia) e de ciências da natureza (química, física e biologia). No total, serão 90 questões.
Os portões abriram às 12h e fecharam às 13h, no horário de Brasília. Em 18 estados, o horário está diferente do da capital federal.
As provas serão aplicadas em 1.161 municípios, em mais de 15 mil locais de prova. Para o Enem, foram impressas 442 provas em braile para os candidatos cegos, 1.647 pessoas terão prova com letra ampliada e 5.849 vão receber a prova super ampliada. Os autistas e os que têm dislexia vão contar com o auxílio de leitores e transcritores. Haverá ainda intérprete de libras e auxílio para transcrição.


Edição: Carolina Pimentel
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/95K/xZcYkX

Mais de 1 milhão de candidatos prestam o Enem em São Paulo

Educação



Mais de 1 milhão de candidatos prestam o Enem em São Paulo
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-26/mais-de-1-milhao-de-candidatos-prestam-enem-em-sao-paulo
Oct 26th 2013, 14:01


Fernanda Cruz

Repórter da Agência Brasil
São Paulo - No estado de São Paulo, 1,1 milhão de candidatos foram inscritos para a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que começou a ser aplicado às 13h de hoje (26). Nos 206 municípios paulistas, mais de 1,2 mil locais de provas receberam os candidatos nesta tarde.
A reportagem da Agência Brasil acompanhou a movimentação em um deles, na Universidade Paulista (Unip) do Jaguaré, zona oeste da capital. Os portões foram abertos às 12h e a entrada dos candidatos foi tranquila. Após o horário de fechamento dos portões, exatamente às 13h, porém, a reportagem contou pelo menos 15 candidatos atrasados. Alguns deles tentavam argumentar em vão para tentar entrar no local. Outros choravam.
Com apenas 2 minutos de atraso, Bruna Rodrigues, de 20 anos, foi uma das que perderam a prova. Ela contou que mora no bairro Parada de Taipas, na zona oeste, e teve de usar dois ônibus para chegar até o local do exame. "Tinha muito trânsito e era muito longe da casa", disse. Bruna, que trabalha como atendente de telemarketing e estuda sozinha para ingressar em uma faculdade tem como foco o vestibular da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Estadual Paulista(Unesp).
Caroline Makay Silva, de 20 anos, estava mais ansiosa e chegou com mais de uma hora de antecedência. Ela quer ingressar no curso mais concorrido: medicina. "Essa é a terceira vez que faço o Enem. A primeira foi para treinamento, quando ainda estava no ensino médio. Medicina é muito difícil porque tem poucas vagas", disse.
A estudante faz cursinho preparatório para vestibular há dois anos e conta que está se dedicando exclusivamente ao sonho de entrar na universidade. "Este ano estou melhor que no ano passado. Espero que caíam mais coisas que eu sei. Gosto de quase todas as disciplinas, exceto matemática", ressaltou a estudante. Seu desejo é ingressar na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) ou na Universidade Estadual Paulista (Unesp). "Mas pode ser qualquer outra, só não quero que seja muito longe".
Assim que Caroline entrou para o exame, sua avó Nair Salles Makay, de 72 anos, ficou do lado de fora apreensiva. "A gente fica preocupada, com as mãos suando. Mas peço para ela ficar calma porque, às vezes, cai uma pergunta que ela sabe [responder] mas fica nervosa e acaba esquecendo", disse ela.
Outra candidata que aparentava mais tranquilidade era Elaine Ferreira Padra, 37 anos. Ela disse que fará a prova sem muito compromisso. "Vou prestar só para ver como é", contou. Supervisora de salão de beleza, Elaine disse que parou de estudar porque se casou muito cedo. Agora, mesmo com três filhos, ela resolveu retomar os estudos e está terminando um curso supletivo. "Quero fazer engenharia civil, mais para ampliar os meus conhecimentos".
Edição: Marcos Chagas
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil





You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/95K/xZcYkX

Ambulantes faturam vendendo água e caneta para alunos do Enem

Educação



Ambulantes faturam vendendo água e caneta para alunos do Enem
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-26/ambulantes-faturam-vendendo-agua-e-caneta-para-alunos-do-enem
Oct 26th 2013, 13:22








Mariana Tokarnia

Repórter da Agência Brasil



Brasília - Na porta dos locais de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), os vendedores ambulantes aproveitaram a movimentação para faturar. Os produtos mais cobiçados são água e canetas esferográficas pretas transparentes, necessárias para fazer a prova.



Marcelo Soares cobrava R$ 2 por unidade. "É o que mais sai", diz. Os chocolates e as balas também saíram bastante, com preços variando de R$ 2 a R$ 5. O vendedor consegue tirar até R$ 300 em dia de concurso, como o Enem. Morador de Samambaia, ele chegou à Escola Marista João Paulo II, no Plano Piloto, centro da capital, às 8h.



"Faço parte de uma rede. Temos barracas montadas em vários locais de prova do Distrito Federal", explica Simone Ianuck, concorrente de Soares, que saiu do Riacho Fundo. Os preços são os mesmos.



Ellen Alessandra de Barros foi uma das compradoras. Com 23 anos, Ellen terminou o ensino médio em 2007 e cursa direito em uma faculdade particular. Agora, quer concorrer a uma bolsa do Programa Universidade para Todos (Prouni). Ela chegou cedo para ter mais tranquilidade na entrada.



O estudante Felipe do Carmo foi preparado. Em uma sacola, estava com lanche e água. O estudante, de 19 anos, está fazendo o Enem para ter uma chance de ingressar no ensino superior. É o mesmo caso de Francisco Oliveira, de 34 anos. "Agora deu um tempinho no trabalho e eu resolvi estudar", disse o analista em uma rede de supermercado.


Em todo o país, mais de 7,1 milhões farão o exame em 1.161 cidades. No Distrito Federal, estão 315 dos 16.355 locais de prova. Hoje (26), os candidatos terão quatro horas e trinta minutos para fazer o exame. Serão 90 questões de ciências humanas (história, geografia, filosofia e sociologia) e de ciências da natureza (química, física e biologia). Os gabaritos das provas serão divulgados até o dia 30 de outubro, no endereço www.enem.inep.gov.br.
O serviço de atendimento ao cidadão funcionará no final de semana das 8h às 20h.


Edição: Carolina Pimentel
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/95K/xZcYkX

No Rio, o clima entre os estudantes que fazem a prova do Enem era de expectativa

Educação



No Rio, o clima entre os estudantes que fazem a prova do Enem era de expectativa
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-26/no-rio-clima-entre-os-estudantes-que-fazem-prova-do-enem-era-de-expectativa
Oct 26th 2013, 13:12


Akemi Nitahara

Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro – O clima entre estudantes que farão agora a tarde a primeira etapa da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é de muita expectativa. Antes das 13h, as filas se formavam na porta de vários locais de prova, como a Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e a Faculdade Estácio de Sá, ambas no centro da capital. Às 13h os portões foram fechados e como em anos anteriores, alguns estudantes chegaram atrasados e não puderam fazer a prova.
Na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), o clima antes da prova é de tranquilidade. Angélica Gama Boechat de Azevedo, de 18 anos, termina o ensino médio este ano mas fez a prova do Enem no ano passado "como experiência".
"Eu achei a prova mais difícil do que falavam, espero que este ano seja mais fácil. Espero conseguir porque eu fiquei estudando o ano inteiro. No ano passado eu consegui classificação, mas não para o curso que eu queria, que é gastronomia, na UFRJ. O curso é concorrido porque é o único em faculdade pública".
O estudante Artur Cardozo da Gama, de 17 anos, também fez a prova no ano passado mesmo antes de terminar o ensino médio. "Eu achei a prova cansativa porque eu não tinha me preparado antes, as últimas questões foram difíceis por causa do cansaço. Mas, este ano, acho que vai ser tranquilo, eu me preparei bastante. O conteúdo que eles cobram na prova é bem razoável, não é difícil".
Artur pretende fazer engenharia naval na UFRJ e diz que as escolas já estão preparando os alunos para o Enem, direcionando os conteúdos e aplicando questões de provas anteriores. "No ano passado consegui classificação para alguns cursos da UFF [Universidade Federal Fluminense] e da UFRJ, mas não para o que eu queria", diz o jovem.
Aisha Oliveira dos Santos, de 16 anos, também fez a prova em 2012 como preparação. Ela também disse que as escolas já direcionam os conteúdos para o Enem mas, a seu ver, um curso preparatório pode ajudar mais. "A prova não é muito difícil se você estudar. Mas fazer um curso preparatório, como eu fiz, é melhor." Ela pretende conseguir uma vaga para enfermagem na UFRJ. As provas de hoje, de ciências humanas e ciências da natureza, têm duração de 4h30.
Edição: Marcos Chagas
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil





You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/95K/xZcYkX

Enem 2013

Educação



Enem 2013
http://agenciabrasil.ebc.com.br/galeria/2013-10-26/enem-2013
Oct 26th 2013, 13:56

Brasília - Movimentação de candidatos do ENEM no colégio Marista João Paulo II.Rio de Janeiro - O clima entre estudantes que farão agora a tarde a primeira etapa da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é de muita expectativa. Na foto, a estudante que perdeu a prova Dominique Matuano.Brasília - Douglas do Santos perdeu a prova do Enem porque o patrão não o liberou mais cedo do trabalho para fazer a prova do Enem. Brasília - Douglas do Santos perdeu a prova do Enem porque o patrão não o liberou mais cedo do trabalho para fazer a prova do Enem.Brasília - Movimentação de candidatos do ENEM no colégio Marista João Paulo II.Brasília - O ambulante Marcelo Soares aproveitou o dia para ganhar um dinheiro a mais em escola que aplica a prova do Enem. Brasília - Movimentação de candidatos do ENEM no colégio Marista João Paulo II.Brasília - Felipe do Carmo chegou cedo no colégio Marista João Paulo II para não perder a prova do Enem.



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/95K/xZcYkX

Bem-humorados ou nervosos estudantes já chegam aos locais de prova do Enem

Educação



Bem-humorados ou nervosos estudantes já chegam aos locais de prova do Enem
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-26/bem-humorados-ou-nervosos-estudantes-ja-chegam-aos-locais-de-prova-do-enem
Oct 26th 2013, 11:54


Mariana Tokarnia

Repórter da Agência Brasil
Brasília - A algumas horas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a expectativa é grande. Nas redes sociais o Enem está entre os tópicos mais citados. Há quem esteja nervoso e há aqueles que decidiram descansar um pouco antes do exame. Fora da internet, as irmãs Vitória e Maria Gonçalves Reis se preparam para ir ao local de prova. Hoje (26), mais de 7,1 milhões de candidatos fazem a exame em 1.161 cidades.
"Bom dia para você que não dormiu pensando na prova do Enem", disse uma usuária do Twitter. Outro usuário, mais tranquilo, apela para o Divino: "DICA PARA O ENEM: na dúvida marque D de Deus e vai na fé".
No microblog não faltam desejos de boa prova. As recomendações do que levar, do que comer também estão entre os textos mais postados. A presidenta Dilma Rousseff, que ontem (25) terminou o dia desejando boa sorte aos candidatos, começou o dia falando do exame. Ela relembrou que a nota do Enem é usada em programas que oferecem vagas no ensino superior público - Sistema de Seleção Unificada - e no ensino privado - Programa Universidade para Todos, além de dar ao candidato uma chance de estudar no exterior pelo Programa Ciência sem Fronteira. "Confie em si mesmo. O Brasil confia em você. Boa sorte! #Enem2013", disse.
Em casa, Maria, de 19 anos, está ansiosa, ela mal dormiu. "Fiquei acordando a noite toda, ansiosa", diz. A estudante acaba de voltar de intercâmbio nos Estados Unidos, onde cursou o 3º ano do ensino médio. Ela voltou ao Brasil em julho deste ano. Desde então, entrou em um cursinho preparatório. "Algumas coisas eu não tinha visto, mas muito eu já tinha estudado aqui no Brasil, o cursinho serviu para relembrar". A estudante pretende usar a nota do exame para cursar relações internacionais.
A irmã, Vitória, de 18 anos, está mais tranquila. Ela cursa nutrição em uma universidade particular e pretende usar a nota do Enem para disputar uma vaga do mesmo curso em universidade pública. Para se preparar para a prova, ela usou o material do cursinho de Maria. "Vou fazer o meu máximo e pronto".
As duas farão provas em locais diferentes. Elas planejam sair de casa antes das 12h. Maria diz que mesmo conhecendo a cidade, fez questão de refazer o caminho do local de prova. Os portões abrem às 12h e às 13h a prova começa. O horário é o de Brasília.
Neste sábado, a prova terá a duração de quatro horas e meia e os candidatos vão responder a questões de ciências humanas - história, geografia, filosofia e sociologia - e de ciências da natureza - química, física e biologia. No total, serão 90 questões. Para fazer a prova, é preciso apresentar documento de identidade com foto e ter em mãos uma caneta preta, revestida com material transparente, para preencher o cartão de respostas.
Edição: Marcos Chagas
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil





You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/95K/xZcYkX

Mais de 7,1 milhões de inscritos começam hoje o Enem

Educação



Mais de 7,1 milhões de inscritos começam hoje o Enem
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-26/mais-de-71-milhoes-de-inscritos-comecam-hoje-enem
Oct 26th 2013, 10:26



Mariana Tokarnia

Repórter da Agência Brasil
Brasília - A partir das 13h de hoje (26), horário de Brasília, mais de 7,1 milhões de estudantes em todo o país farão a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Neste sábado, a prova terá a duração de quatro horas e meia e os candidatos vão responder a questões de ciências humanas (história, geografia, filosofia e sociologia) e de ciências da natureza (química, física e biologia). No total, serão 90 questões.
O horário merece atenção especial. Os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. Em 18 estados, o horário está diferente do da capital federal e os estudantes precisam acertar o relógio. É bom lembrar que nos finais de semana é menor o número de ônibus, trem e metrô circulando.
Para fazer a prova, é preciso apresentar documento de identidade com foto e ter em mãos uma caneta preta, revestida com material transparente, para preencher o cartão de respostas. Antes de começar a responder as questões, o candidato deve conferir os dados pessoais na prova, no cartão de resposta e na lista de chamada. Se houver algum erro, deve comunicar o fiscal.
É preciso estar atento também ao que não é permitido no local de prova. O candidato não pode usar boné, chapéu, gorro, viseira ou óculos escuros. Ficar com aparelhos eletrônicos ligados durante a prova também está proibido. Quem levar qualquer eletrônico, como celular e tablet, terá que guardar em um porta-objetos lacrado que ficará embaixo da carteira. O mesmo vale para materiais como lápis, livros e apostilas.
Como o Enem é uma prova longa, o estudante pode levar um lanche. Água e comida não estão na lista de proibições. O estudante só pode deixar o local de prova duas horas após o início do exame e 30 minutos antes do término do horário poderá sair com o caderno de provas. Quem descumprir essas regras, será eliminado.
Nas últimas semanas, a Agência Brasil publicou uma série de matérias em que professores recomendam que os estudantes monitorem o tempo para não correr o risco de deixar questões em branco. Eles sugerem que se gaste em média três minutos para responder a cada questão. Vale lembrar que a duração da prova inclui o tempo para preencher o cartão de resposta.
Quem não recebeu o cartão de confirmação, deve acessar a página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e conferir as informações.
As provas serão aplicadas em 1.161 municípios, em mais de 15 mil locais de prova. Para o Enem, foram impressas 442 provas em braile para os candidatos cegos, 1.647 pessoas terão prova com letra ampliada e 5.849 vão receber a prova super ampliada. Os autistas e os que têm dislexia vão contar com o auxílio de leitores e transcritores. Haverá ainda intérprete de libras e auxílio para transcrição.




Edição: Carolina Pimentel
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



You are receiving this email because you subscribed to this feed at https://blogtrottr.com

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe here:
https://blogtrottr.com/unsubscribe/95K/xZcYkX


Explore o MAXX

Notícias
Nacional

Internacional
Finanças
Política
Justiça
Segundo Caderno
Esportes


Educação
Inovação

Serviços
Barra de Ferramentas

Buscador
Previsão do Tempo
Tradutor
Viagens

Entretenimento
Cultura

Famosos
MAXX FM
Música
Sobre Rodas
Stations (Busca Rádios)

Estilo de vida
Homem

Mulher

Chat
Amizade

Encontros
Livre
Paquera
Sexo (+ 18 anos)
Webmasters
Outras salas

Fale conosco
Atendimento Virtual
Avalie-nos
E-mail

Fone Fácil
Fórum
Reclame Aqui
Redes Sociais

Copyright 2008 - 2017 © Ouni - Todos os direitos reservados.
"O uso desse website significa que você aceita os Termos de Uso e a Política de Privacidade, em especial no que tange ao uso de cookies."

Informações Importantes | Política de Privacidade | Termos de Uso

Vá para o Ouni